Pavlova de frutos vermelhos

20:30


A Pavlova é confeccionada com claras de ovos, batidas em castelo e lentamente assadas num forno a temperatura baixa. Esta combinação faz com que algo tão simples como claras em castelo assumam uma textura crocante no exterior, uma textura suave de marshmallow no interior e uma textura extra crocante em torno das bordas, semelhante a biscoitos de merengue. São três texturas completamente diferentes numa só mordida.

Ideal para qualquer ocasião, pois adora vestir-se  com coberturas variadas, principalmente chantilly fresco e  frutas frescas multicolores. Pode ser feita com antecedência, e apenas na hora de servir colocar o chantilly e decorar com frutas a gosto!


Ingredientes:
  • 8 claras;
  • 300 gramas de açúcar;
  • 1 colher (de sopa) de extracto de baunilha;
  • 3 colheres (de sopa) de vinagre de vinho branco;
  • 2 colheres (de chá) de amido de milho;
  • 300 ml de natas;
  • 200 ml de iogurte grego;
  • 1 chávena de açúcar em pó;
  • 1 vagem de baunilha;
  • Frutos vermelhos a gosto q.b.
1. Pré-aqueça o forno a 150º C. 
Bater as claras na velocidade máxima , durante 2 minutos. Ainda antes de estarem em castelo, adiciona-se o açúcar aos poucos, sempre a bater e até não sentir os grãos de açúcar nos dedos.



2.  Adicione o extracto de baunilha e envolva. Numa taça, misture o amido de milho com o vinagre, depois adicione à mistura de claras e bata um pouco até estar bem envolvido.


3. Numa folha de papel vegetal faça dois círculos, para ter linhas orientadoras na hora de construir a pavlova. Coloque a folha de papel vegetal num tabuleiro ou grelha, virada ao contrário, para que a tinta não passe para a pavlova no momento da cozedura.


4. Disponha as claras dentro do círculo.


5. Desenhe uma concavidade com a ajuda de uma colher, semelhante à da imagem, vai permitir  que o creme permaneça na pavlova e não escorra.


6. Colocar a pavlova no forno e baixar a temperatura para 90º C, durante 1 hora. No final deste tempo desligue o forno e deixe a pavlova arrefecer lá dentro (Não coloque o dedo em cima para ter a certeza que está cozida ou acontecerá como cá em casa e fará um buraco!!!).


7. Para o recheio, junte as natas com o açúcar em pó e o interior  da vagem de baunilha. Bata até ter um creme espesso semelhante ao chantilly. Depois envolva o iogurte grego.


 8.  Para decorar a pavlova basta distribuir o creme por cima desta e colocar frutos vermelhos a gosto.


 Bom apetite!!!

Outros artigos que pode achar interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários

Artigos recentes