Bolo Negrita

23:49


Hoje vou partilhar uma receita que tive o prazer de transcrever para o meu caderno. Esta receita estava no caderno de receitas da D. Isaura (minha sogra), e chamou-me atenção pelo seu nome, não sei a sua origem.
Um bolo simples, em camadas, mas que vai surpreender. E curiosamente fica mesmo negro.
Pode ser servido como sobremesa ou até mesmo para o lanche, é delicioso com um chá e um grupo de amigas à conversa...

Ingredientes:
  • 200 gramas de manteiga;
  • 250 gramas de açúcar;
  • 200 gramas de farinha com fermento;
  • 50 gramas de cacau;
  • 4 ovos;
  • 1 colher (de chá) de bicarbonato de sódio;
  • Manteiga para untar a forma.
Cobertura e recheio;
  • 200 ml de natas batidas em chantilly com 1 colher (de sopa) de açúcar.
1. Unte o tabuleiro de 30x20 cm com manteiga e polvilhe com farinha. Se quiser jogar pelo seguro pode colocar uma folha de papel vegetal no fundo do tabuleiro (eu coloquei).
Pré-aqueça o forno a 180ºC. 
Misture a farinha, o cacau e o bicarbonato, peneire para uma taça e reserve.



2. Bata a manteiga à temperatura ambiente com o açúcar até obter um creme homogéneo.


3. Adicione os ovos, um a um, batendo sempre entre as adições.


4. Envolva a mistura da farinha e cacau, sem bater.


5. Vai obter uma mistura semelhante a mousse de chocolate.


6. Coloque na forma, e leve a cozer  35 a 40 minutos.


7. Quando estiver cozido retire do forno e deixe arrefecer cerca de 10 minutos, depois desenforme para cima de uma rede e deixe arrefecer completamente. Corte ao meio no sentido do comprimento. Se vir que estão irregulares, corte o excedente para que as metades do bolo encaixem e fique uniforme.


8. Coloque uma das metades no prato de servir.


9. Recheie com o chantilly.


 10. Depois coloque a segunda metade em cima e cubra com o restante chantilly, podem usar o saco de pasteleiro, eu usei mesmo a espátula para fazer uns picos, mas eu gosto de lhe chamar "Tirolês"  - em linguagem de estucador é assim que se chama aos picos que muitas vezes adornam os nossos tectos, aprendi quando era miúda.


Para ficar mais bonito coloquei umas raspas de chocolate, mas o ideal era ter uns canudos de chocolate, mas esses ainda não aprendi a fazer. Fica para a próxima.

Outros artigos que pode achar interessantes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários

Artigos recentes